Desespero Amigo do Butantã

João Sbarai
Jamais encontrará seu amigo
Eiras Garcia

Ambos se encontrariam soterrados
num inferno verde sem nome, ou com vários nomes
e as ruas são ilustradas por cigarras

Há um sítio nearby
e nada é inglês no heyday da babilônia

Trancorria-se os anos 40, ou 30 e o nada do bairro existia,
apenas a respiração verde que sufoca os insones
rejeita alguma eletricidade.

Não se ouvia uma palavra em português
Sidarta encontrado dentro de uma capivara selvagem
as Lontras conspiravam contra os poucos livros
Os Quatis escrevem na madeira Viva

E agora Tudo é vaga a ser disputada pelas grades
que disparam pelos anos em demasia

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s